Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
10/10/2019 - 14:00

Equipes do Procon Estadual, vinculado à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) realizaram a "Operação Dia das Crianças" na manhã desta sexta-feira (10). A ação contou com a parceria do Inmetro Pará e ocorreu no Centro Comercial de Belém.

O objetivo foi verificar a procedência dos produtos oferecidos, a clareza nas informações dispostas nos materiais, promoções indevidas e vendas casadas. Os lojistas que não estivessem cumprindo as normas seriam responsabilizados, segundo a Coordenadora de Fiscalização do Procon Pará, Agatha Barra. "Estamos atuando para verificar se as lojas estão respeitando os direitos dos consumidores, caso não, podemos dar uma constatação, auto de infração, apreender mercadorias ou até interditar o local”.

A coordenadora informou ainda que a operação lavrou dois autos de infração. Os lojistas têm até 10 dias para apresentar a defesa no órgão e uma constatação que as mudanças necessárias foram feitas dentro do prazo estipulado.

Segundo o diretor técnico do Inmetro Pará, Jayme Canto, o procedimento é necessário para garantir a segurança das pessoas, principalmente quanto à qualidade dos produtos, já que serão utilizados por crianças. "O correto sempre é comprar produto regulamentado pelo Inmetro, pois mostra que já foi analisado e está apto para ser utilizado. Temos que ter o cuidado com a segurança deles, se está com a faixa etária correta, se não tem peças pequenas, metais pesados ou tintas inapropriadas, por exemplo”, frisou.

Para Nadilson Neves, diretor do Procon Pará, as operações só estimulam que, cada vez mais, os lojistas se adequem e apresentem serviços e produtos de qualidade. “Fazemos durante o ano todo essas fiscalizações para justamente tentar regularizar o que não está sendo praticado corretamente e poder oferecer para o consumidor sempre tudo com qualidade”, declarou.

Por: Daniela Condurú (revisado pelo NCS)

Resumo: 
.