Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
08/03/2019 - 16:00

Emissão de documentos oficiais e inúmeras apresentações culturais marcaram a programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher promovida pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SejuDH). O evento foi realizado na manhã desta sexta-feira (8), na sede do órgão, e foi voltado aos públicos interno e externo.

Na ação de cidadania, foram emitidas, gratuitamente, carteiras de identidade e trabalho somente para o público feminino que fez cadastro prévio, organizado pela Coordenadoria de Promoção a Cidadania e Direitos Humanos.

O evento começou com um café da manhã e a entrega de flores às servidoras pelo titular da Sejudh, Rogério Barra, e o adjunto, Rodrigo Roldan.  Depois, foram oferecidos serviços estéticos e palestras sobre relacionamento abusivo. A programação foi preparada pela Gerência de Recursos Humanos, em parceria com Coordenadoria de Integração de Políticas para Mulheres.

Em seguida, as ações envolveram apresentações culturais com música ao vivo, performance de dança indígena, desfile de moda, apresentação musical, exposições sobre  mulheres, promovida pela Gerência de Igualdade Racial.

“Eu fiquei maravilhada, porque não vejo essas coisas no dia a dia. Sou dona de casa e vim trazer minha irmã para tirar RG e, enquanto esperava por ela, pude assistir as apresentações e prestar atenção na palestra. A gente não tem informações assim onde a gente mora”, disse a doméstica Maria Clementina Nascimento.

O titular da Sejudh, Rogério Barra, explica que a ação integrada entre as coordenadorias e gerências buscou valorizar as mulheres da secretaria e as quais vieram em busca dos serviços de emissão de documento.

“Uma ação integrada para homenagear e valorizar todas as mulheres presentes no órgão, seja a servidora que trabalha aqui, ou aquela que vem aqui em busca de serviços. Todas, sem distinção, devem ser respeitadas como cidadãs e profissionais não só hoje, mas todos os dias”, destacou.

As atividades pela data comemorativa iniciaram no primeiro dia do mês, com o seminário “Feminicídio e outras violências: Conhecer para se proteger!”, que buscou promover um diálogo sobre as demandas locais e fomentar discussões e reflexões sobre a realidade vivida por muitas mulheres.

Para dar continuidade ao cronograma da campanha, nos dias 10 e 15 de março, o Fórum de Enfrentamento a Violência contra a Mulher de Ananindeua, com o apoio da Sejudh, realizará um passeio ciclístico em Ananindeua e audiência pública em defesa de politicas pública para mulheres na Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), respectivamente.

Por: Claudiane Santiago

Resumo: 
Emissão de documentos oficiais e inúmeras apresentações culturais marcaram a programação alusiva ao Dia Internacional da Mulher promovida pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SejuDH). O evento foi realizado na manhã desta sexta-feira (8), na sede do órgão, e foi voltado aos públicos interno e externo