Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
18/04/2018 - 09:45

As mortes de internos e agentes prisionais em uma tentativa de fuga em massa no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III (CRPP III), no município de Santa Izabel do Pará (Região Metropolitana de Belém), no último dia 10, levaram membros do Conselho Penitenciário do Estado do Pará (Copen), o secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos, Michell Mendes Durans, e representantes de vários órgãos ligados ao Sistema de Segurança Pública a formar um grupo de trabalho para inspecionar a unidade prisional. O assunto foi tema da reunião realizada nesta terça-feira (17), no gabinete do titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Ivanilda Pontes, conselheira penitenciária, informou que os órgãos de segurança decidiram fazer a inspeção “diante do quadro em que se encontra o sistema carcerário após a tentativa de resgate que culminou em muitas mortes na CRPP III e na Colônia Agrícola, o Conselho Penitenciário decidiu convocar todos os órgãos envolvidos com o Sistema de Segurança para que a gente realize uma força-tarefa para ter acesso à casa penal e constatar a situação em que se encontram os internos, e também lutar pelo direito de saúde dos funcionários e dos internos, que estão vulneráveis a doenças”.

O secretário Michell Durans disse que foi o grupo de trabalho também vai produzir um relatório sobre os mortos e feridos no confronto. “Essa reunião foi provocada pela presidência do Conselho Penitenciário e pela presidência do Conselho Estadual de Política Criminal e Penitenciária. Nós formamos, a partir disso, um grupo de trabalho, que vai fazer uma visita carcerária a essa casa penal, e também vai apresentar um relatório a respeito dos mortos e feridos, tanto de internos quanto de agentes prisionais. A ideia dessa reunião foi agregar todas as questões e dificuldades que o sistema penal tem passado, para que a gente, enquanto Conselho, possa auxiliar a minimizar o problema.”

Resumo: 
.