Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
09/04/2018 - 10:30

No último dia 06 de abril, a Diretoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), inaugurou em sua sede, situada no bairro da Pedreira, em Belém, um novo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc). A novidade, que foi estreada com a presença do Diretor do Procon, Moysés Bendahan; o Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Pará,  desembargador Leonardo Tavares; a Coordenadora do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), desembargadora Dahil Paraense; o Juiz que coordenará o Cejsuc Procon, Daniel Lobato.

 

O diretor do Procon, Moysés Bendahan, falou sobre o benefício de se ter um setor como este dentro do Procon. "A chegada do Cejusc no Procon pode ser considerada como 'antes e depois', já que, por sermos um órgão somente administrativo, muitos fornecedores não cumpriam com seriedade os acordos, ou que faziam pouco caso. Agora vão pensar duas vezes, pois esses acordos vão virar títulos judiciários. Nós entramos em uma nova fase", declarou Bendahan.

 

Para a desembargadora Dahil Paraense, o Cejusc Procon trará mais eficácia no tratamento das soluções de conflito. "A prioridade do centro é dar o tratamento adequado aos conflitos. A partir de agora veremos ampliados os horizontes de novos acordos entre partes, solucionando problemas pela via sadia do atendimento e da conciliação em que todos saem ganhando", detalhou a desembargadora.

 

Para coordenador do Cejusc Procon PA, Juiz Daniel Lobato,  "o objetivo dessa parceria é entender melhor os problemas que ocorrem na relação empresa-consumidor e efetivar de forma mais eficaz as soluções".

 

Com a instalação do Centro no Procon, que passa a funcionar efetivamente a partir da próxima segunda, 9, o Pará já soma oito Cejusc, sendo que metade desse número atua dentro de instituições na capital, Belém.

Resumo: 
.