Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
24/03/2020 - 18:00

Garantir o abastecimento nos supermercados paraenses durante a pandemia da Covid-19 foi o principal assunto da reunião entre a Associação dos Supermercados do Pará (Aspas), o Procon Pará, vinculado à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), nesta terça-feira (24).  

No encontro, o representante da Aspas, Jorge Portugal, informou que não há motivo para fazer estoques de produtos em casa. “Estamos trabalhando para evitar o desabastecimento. Não há necessidade de corrida desenfreada aos supermercados para compras em excesso. Os produtos estão chegando dentro da normalidade aos estabelecimentos”, afirmou.

Foi debatido o cenário atual no Estado, e cada órgão apresentou o fluxo de trabalho desenvolvido para resguardar o direito da população em meio à intensa procura aos estabelecimentos comerciais. O diretor do Procon Pará, Nadilson Neves, enfatizou que o órgão está em processo de capacitação para fazer fiscalizações ostensivas nos estabelecimentos comerciais, a fim de garantir preços acessíveis.     

“O Procon está se adequando ao novo cenário, se capacitando para realizar fiscalizações que façam cumprir as medidas governamentais adotadas para garantir preços justos ao consumidor”, frisou o diretor. 

O secretário de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, Hugo Suenaga, disse que foi criado um canal direto, com a finalidade de unir esforços para monitorar o abastecimento e fiscalizar os preços. “Criamos um canal direto para troca de informações entre Estado e iniciativa privada visando manter o abastecimento, orientando e dando suporte para que os produtos estejam à disposição do paraense nas prateleiras e com preços acessíveis”, informou o secretário.

Por: Claudiane Santiago.

Resumo: 
.