Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
28/11/2019 - 17:00

 

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) encerra, nesta quinta-feira (28), as ações do Projeto Cidadania, que atendeu milhares de pessoas da região nordeste do Pará, com a emissão de documentos, atendimentos jurídicos e palestras voltadas aos Direitos Humanos. Mais de duas mil emissões de registro de Identificação, Carteira de Trabalho, Certidões de Nascimento e Casamento foram contabilizadas nas cidades de Augusto Correia, Bragança, Mãe do Rio, Irituia, Ourém, Maracanã e Acará.

Dona Andalina Picanço, moradora de Ourém, sabe muito bem o quanto que é difícil não ter um documento e ficar impedida de exercer sua cidadania. “Vocês não têm ideia da importância que esta ação teve para mim. Eu estava sem identidade e, com isso, estava tendo dificuldade para acessar muitas coisas, como fazer provas e tirar minha carteira de trabalho. Meu problema foi resolvido e tenho certeza que de muitas outras pessoas também”, declarou, contente.

A ação começou no último dia 22 e integra a programação que, também, leva palestras aos moradores sobre a importância de conhecer e trabalhar no enfrentamento à violação dos direitos e na garantia deles.
“Possuir identidade e carteira de trabalho é uma necessidade para que os cidadãos possam ter acesso a projetos sociais, educação, saúde e carreira profissional. Então, nós estamos buscando sempre fazer ações que cheguem a um maior número de pessoas, em vários municípios do Estado”, frisou o coordenador de Cidadania e Direitos Humanos, Bruno Melo.

Desde janeiro, a Sejudh já soma mais de 75 mil documentos emitidos, gratuitamente, para a população que vai até os polos físicos, localizados em Belém, Santarém e Paragominas.

"A secretaria tem esse dever de proporcionar o exercício da cidadania para que as pessoas usufruam de todos os seus direitos. Mas, para isso, elas precisam estar munidas de documentos. Nossas portas estarão sempre abertas para ajudar a todos”, afirmou o diretor de Cidadania e Direitos Humanos, Mayky Franco.

Serviço: para quem precisar de orientação ou emitir um documento, basta ir até um dos polos e fazer o agendamento, realizado às sextas-feiras, pela manhã.

Sede
Rua 28 de Setembro, 334 - Campina / Belém
Telefone: (91) 40092700

Núcleo Regional de Santarém
Tv. Professora Agripina de Matos, 798 - Altos Liberdade.
Telefone: (93) 991526531

Núcleo Regional de Paragominas
Rua Amazonas, 100 - Célio Miranda.

Por: Daniela Condurú (revisado pelo NCS)

Resumo: 
.