Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
24/08/2018 - 15:30

 

No dia 25 de agosto de 1988, era fundado o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Pará (Procon/PA) como órgão executivo do Sistema Estadual de Defesa do Consumidor, com o intuito de atender, orientar consumidores e fornecedores, e estabelecer soluções de conflitos na relação de consumo, conforme a instauração do Código de Defesa do Consumidor. Desde então, o Programa cumpre sua missão veementemente.
Hoje, prestes a completar três décadas de fundação, o Órgão se destaca como uma das unidades do sistema de proteção e defesa do consumidor mais atuantes do Brasil, estando na diretoria da Associação Brasileira de Procons e na Presidência do Fórum dos Procons da Região Norte, ocupada por Moysés Bendahan, atual Diretor do Procon/PA.

A dona de casa, Rosana Almeida, que estava procurando o órgão para reclamação pela segunda vez, disse que gosta da forma como é tratada pelos funcionários. “Eu não gosto de ter dor de cabeça com coisas desse tipo, mas aqui [no Procon] a gente é bem tratado, praticamente todos os funcionários daqui são legais”, comentou.
Para o tecnólogo, Afonso Dantas, que estava realizando uma denúncia, esse amparo que o órgão oferece é muito útil para a sociedade. “Eu vim para fazer uma denúncia. Acredito que fazendo isso, o benefício não vai ser sentido só por mim, mas por uma grande parcela de gente”, afirmou.
A estudante de matemática, Rita Sousa, visitou o Procon/PA apenas para tirar dúvidas e, assim como a Rosana, a futura professora também elogiou o tratamento dado pelos funcionários. “Eu estava passando por perto do Procon e decidi entrar para tirar algumas dúvidas, porque quero fazer uma reclamação, e gostei da educação e atenção com que fui tratada”, disse.

 

Sobre o Procon

Com, aproximadamente, 60 funcionários, lotados em doze polos, e uma faixa de 30 mil atendimentos anuais, o Procon/PA realiza estudo, planejamento, execução, controle e avaliação de assuntos relativos a Política Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor.

A funcionária mais antiga do Procon/PA, Celeste Waughan, falou sobre sua jornada dentro da instituição e acredita que seu trabalho foi bem realizado durante todo esse período. “Eu tomei posse no dia 9 de novembro de 1990, ou seja, estou há 28 anos na instituição. Acompanhei todas as 14 gestões que assumiram aqui. Acredito que meu trabalho dentro do Procon foi bem realizado, porque sempre tive a confiança de todos os diretores que passaram por aqui”, disse.

O Órgão funciona sob responsabilidade da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) e fechou parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Pará, que implantou, recentemente, o novo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) dentro da sede do Programa.
Há três anos na Diretoria do Órgão, Moysés Bendahan considera sua atuação muito proveitosa. “Já caminhamos nesse período, quando eu assumi estava bem ‘desidratado’, então pode-se perceber que já fizemos muitos progressos. Nós também idealizamos e fundamos o Fórum dos Procons da Região Norte, no qual sou presidente. Mas ainda há muito a ser feito.

Comemoração dos 30 anos do Procon

No dia 21 de agosto, a Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), realizou sessão especial em honra aos trinta anos de atuação do Procon/PA. O evento reuniu representantes de órgãos de proteção e defesa do consumidor dos âmbitos estadual e nacional. Na mesa da Sessão estiveram presentes o deputado Fernando Cunha; o Presidente da Associação Brasileira dos Procons, Paulo Miguel; o Diretor do Procon/PA, Moysés Bendahan; Representante da Associação dos Comerciantes do Estado do Pará, Ovídio Gaspareto; e o Representante do Procon de Salvaterra, Manoel do Socorro dos Santos.

Resumo: 
.