Sobre acessibilidade

Serviços

Início >> Artigos
24/04/2018 - 11:00

Com o objetivo de validar o Plano Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo do Pará (PEETE/PA), monitorar as formas de violação de direitos em diversas regiões do Estado e alinhar os conceitos relativos ao tema no atual panorama socioeconômico, ocorre nesta quarta e quinta-feira, 25 e 26/04, a Oficina de Trabalho da Comissão Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo (Coetrae), da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), no Auditório Aluysio Chaves, no Tribunal Regional do Trabalho da 8° Região, no bairro do Umarizal, em Belém. O evento é destinado para as instituições que compõe a Coetrae, prefeituras, pesquisadores, estudantes, organizações não governamentais e associações que trabalhem com a temática.

O evento contará com a presença dos representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT); ONG Repórter Brasil; e CONATRAE (Comissão Nacional para Erradicação ao Trabalho Escravo), que farão a troca de experiências sobre o Panorama do Trabalho Decente, contexto do trabalho escravo no Brasil, fortalecimento das COETRAE’s, além de apresentar experiências no Pará referente à temática.

As programações começam logo pela manhã desta quarta-feira, às 8h, com a abertura oficial. Às 9h ocorre a Palestra Magna, cujo tema será o “Panorama do Trabalho Decente e contexto trabalho escravo no Brasil”, ministrado por Antônio Carlos, da OIT. Às 9h40 ocorre a primeira oficina, que vai apresentar o eixo geral do encontro. No decorrer do dia ocorrerão propostas e debates sobre os temas abordados. Na quinta-feira, às 8h15, ocorre a palestra “CONATRAE e COETRAE/PA: Fortalecimento das COETRAES e o processo de Municipalização da Politica para Erradicação ao Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas”. Às 9h15, a ONG Repórter Brasil fará a apresentação da experiência do trabalho na educação desenvolvido pela organização no Estado. Às 10h será feita a leitura do Plano Estadual para a Erradicação do Trabalho Escravo do Pará. O evento se encerra ao meio-dia.

Serviço:

Oficina de Trabalho da Comissão Estadual de Erradicação ao Trabalho Escravo (Coetrae)

Data: 25 e 26/04

Horário: 8h às 12h e 13h às 16h (25/04); 8h às 12h (26/04)

Local: Auditório Aluysio Chaves – TRT8 (Tv. D. Pedro I, 746 – Umarizal)

 

Programação:

25/04/18

8h – Credenciamento

8h30 – Abertura: Presidente da COETRAE/PA

8h45 - Exposição da dinâmica da Oficina

9h a 9h40 – Palestra Magna: Panorama do Trabalho Decente e contexto trabalho escravo no Brasil (Antônio Carlos – OIT)

9h40 às 10h20 – Oficina I: Eixo Geral

10h20 às 10h45 – Proposta/Debate

10h45 às 11h30 – Oficina II: Eixo Repressão

11h30 às 11h50 – Proposta/Debate

11h50 às 13h – Almoço

13h às 13h40 – Oficina III: Eixo de Prevenção

13h40 às 14h05 – Proposta/Debate

14h05 às 14h45 – Oficina IV: Eixo de Articulação dos Direitos Sociais

14h45 às 15h25 – Proposta/Debate

15h25 – Coffe Break.

 

26/04/18

8h – Dinâmica de acolhimento

8h15 às 9h15 – CONATRAE e COETRAE/PA: Fortalecimento das COETRAES e o processo de Municipalização da Politica para Erradicação ao Trabalho Escravo e Tráfico de Pessoas.

9h15 às 10h00 – Apresentação da experiência do trabalho na educação desenvolvido pela ONG Repórter Brasil no Pará.

10h00 às 10h45 - Leitura das Propostas do PEETE/PA

10h45 às 11h45 – Abertura para avaliação do evento e encaminhamentos

12h – Encerramento e Coffe Break

Resumo: 
.